Marketing Multinível Digital

Espírito Santo do Pinhal apresenta nova técnica de viticultura

São Paulo – SP 19/3/2021 – A novidade na plantação de videiras servirá como referência para novos empreendimentos ligados à viticultura.

Com utilização de drones, plantação de videiras serão otimizadas com procedimento ecológico

O município de Espírito Santo do Pinhal, situado na Serra da Mantiqueira, é o novo destino em ascensão no interior de São Paulo. Com passado extremamente ligado à cafeicultura e ao enoturismo, cujas influências ainda são visíveis, o município turístico será palco de uma experiência única e inovadora no agronegócio relacionado à viticultura. Utilizando-se da tecnologia, drones serão manuseados para o preparo do solo, onde serão plantadas as videiras da InnVernia.

O gerenciamento da vinha com o uso de tecnologias é um assunto relativamente novo, cujo nome é viticultura de precisão. Essa técnica tem como objetivo: maximizar a eficácia da produção das uvas e a qualidade delas, e de forma ecológica, minimizar os impactos ambientais, visto que a utilização de drones é altamente precisa na aplicação de fertilizantes. O uso da técnica faz parte de uma estratégia revolucionária, pioneira, e de alta precisão do empresário Eduardo Cruz, que está construindo uma vinícola na cidade.

Com o título de Município de Interesse Turístico (MIT), a cidade centenária localizada na Região Mogiana, a cerca de 200 km da capital paulista, vem se fortalecendo cada vez mais no turismo na região. Além da cultura cafeeira que pulsa nas veias da região, o enoturismo é um dos setores do turismo que mais vem ganhando força no município. A prefeita Cristina Brandão acredita que a novidade na plantação de videiras “servirá como referência para novos empreendimentos ligados à viticultura, assim, colocando Espírito Santo do Pinhal como uma nova fronteira do vinho”.

LEIA TAMBÉM:  Possível geoglifo é descoberto no estado de São Paulo

No ano de 2016, o café da região, de grande relevância para o setor paulista e nacional, pela expressiva cadeia produtiva obteve o registro de reconhecimento de Indicação Geográfica de Procedência do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A nomeação agrega valor ao produto tradicional da cidade que já foi apontada como “Toscana brasileira” devido a seu clima propício para a produção do café. Além das iguarias tradicionais da região, outra grande vantagem é ficar imersa na Serra da Mantiqueira, uma das mais belas paisagens da capital paulista.

InnVernia reúne as vivências de duas famílias de origem italiana e portuguesa que há cerca de dois séculos vieram para o Brasil. Na terra do interior de São Paulo se estabeleceram, passaram pelo vinho mais rudimentar, pelo café e pela cana como lavradores, formaram netos e bisnetos e tataranetos e é a terceira geração que empreende buscando nas memórias de nonos e nonas a sua inspiração. “Este projeto é um sonho que sempre tive e espero que siga com meus filhos e netos”, afirma Eduardo Cruz.

Website: http://www.innvernia.com

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.